“Julianas” de hoje construindo a São Paulo de amanhã

CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PRÉ-CANDIDATURA DA COMPANHEIRA JULIANA CARDOSO À VEREADORA DE SÃO PAULO

“JÁ SOMOS MAIS DE 1000”

      Julianas são batalhadoras que sustentam suas famílias com seu trabalho dentro e fora de casa. São mulheres que lutam pelos direitos de suas comunidades: lutam por saúde, pela UBS que não funciona e está longe de casa; lutam por educação, para garantir a vaga na creche para seus filhos. Lutam pelo direito à vida, porque convivem com a dor de não saber se seus entes queridos chegarão vivos em casa no fim da jornada.

Nossa Juliana, Juliana Cardoso, honra essa história de luta e perseverança. Nasceu e vive até hoje na Zona Leste da Cidade de São Paulo. Filha de mãe negra e pai indígena, é feminista, mãe de duas crianças, casada e hoje, a única vereadora de esquerda na Câmara de São Paulo.

Ju, como é chamada por quem a conhece, perdeu o pai quando tinha cinco anos, estudou em escola pública, e fez cursinhos populares, que a ajudaram a conquistar seu primeiro emprego. Ganhou interesse pela política influenciada pela mãe, e, bem jovem, começou a militar nos movimentos populares e se filiou ao Partido dos Trabalhadores, integrando hoje sua direção nacional.

Em 2008, com apenas 28 anos, se elegeu pela primeira vez como vereadora e com um mandato construído a muitas mãos, tinha uma missão: ter no mandato um instrumento de lutas e conquistas sociais para a população de São Paulo. Hoje, 12 anos depois, podemos afirmar sem medo de errar: não existe uma luta por educação, saúde, moradia, transporte, cultura, assistência social, nem luta pela diversidade sexual e igualdade racial e de gênero que você não veja seu mandato presente. 

É esse Mandato de Luta, o mandato da Juliana que viemos hoje defender, com muito orgulho! É muito importante manter esse verdadeiro instrumento de luta por direitos do povo de São Paulo! Convidamos todas e todos a conhecerem melhor a Ju, nosso mandato, e continuar nos apoiando nessa jornada.

Na trincheira contra o fascismo, o atraso e a perda de direitos

Nos últimos 4 anos, tivemos de enfrentar uma dupla de prefeitos que não estavam nem aí para a vida do povo mais pobre. Doria, que abandonou o cargo, e Bruno Covas, que era seu vice, ambos do PSDB, demonstraram que governam mesmo é para os ricos.

O primeiro, o prefeito das redes sociais, praticamente encerrou o programa Leve Leite, tentou trocar a merenda escolar de nossas crianças por ração (farinata), e iniciou o processo de desmonte da aposentadoria dos servidores públicos da cidade. Já o segundo, honrando o legado de destruição de Doria, desestruturou as políticas sociais da cidade, mudando de secretário da Assistência Social 4 vezes em 2 anos e cortou verba dos serviços prestados à população mais pobre. Como se não bastasse, ainda colocou à venda terrenos de escolas públicas que estão em pleno funcionamento, ameaçando o direito à educação de milhares de crianças de nossa cidade.

Para piorar a situação, a avalanche de mentiras da lava jato (reveladas a cada dia para população), a injusta prisão do Lula e as tais das fake News ajudaram a eleger Jair Bolsonaro para presidente da República, e é com esse trio de governantes – Covas, Doria e Bolsonaro, que a cidade está passando pela maior pandemia dos últimos anos, a COVID-19, revelando o desgoverno que assola o país.

Esse time do retrocesso tem transformado a pandemia em um pesadelo para as pessoas. Eles dificultaram o acesso aos hospitais; tornaram quase impossível receber o auxílio emergencial; não aplicaram uma política de testagem suficiente para garantir vigilância e controle da epidemia e não gerararam políticas públicas efetivas de enfrentamento à COVID-19 conforme sua evolução; deixaram nossos trabalhadores e trabalhadoras da saúde sem máscaras e outros equipamentos de segurança. Ainda por cima, brigam entre eles, fazendo com que o povo tenha dúvidas de qual é a verdade e de quando teremos de volta os empregos e a condição de colocar comida em casa novamente.

Periferia protegida contra a Covid-19

Para bater de frente com esse time do atraso, nosso mandato propôs mais de 40 medidas para ajudar a população, principalmente a mais vulnerável. Entre eles, se destacam:

  • Apresentamos projeto para criar a fila única de UTI, seja particular ou pública;
  • Conseguimos, junto com os movimentos sociais, a abertura parcial do Hospital Sorocabana, na região da Lapa, e continuamos firmes na luta pela sua reabertura TOTAL;
  • Propusemos criar centros de acolhida para a população mais vulnerável à COVID-19;
  • Conseguimos que artistas pudessem promover apresentações pela internet, recebendo cachê da prefeitura;
  • Apresentamos projeto para proibir os despejos durante a pandemia;
  • Apresentamos projeto para garantir a isenção das contas de água e luz durante a pandemia;

Resistir ao retrocesso porque acreditamos que outro mundo é possível

Se engana quem pensa que esses ataques aos direitos do povo são atos isolados de um ou outro governante. Essa é uma forma de governar que retira políticas e direitos, e entrega nossas riquezas naturais e o patrimônio público a grandes empresas. Dizem que isso é um mal necessário, que o Estado precisa ser reformado dessa forma. Mentira! O resultado é o aumento da pobreza, do desemprego, da fome.

Atender as grandes empresas e fazer os trabalhadores e as trabalhadoras pagarem a conta é a maneira que o time dos capitalistas e dos fascistas escolheu para governar. A Juliana Cardoso e o seu partido, o PT, não pensam assim não.

Nós lutamos por igualdade, por mais oportunidades para os mais pobres e para que o povo trabalhador seja respeitado e valorizado. Lutamos por um mundo que garanta os direitos para quem trabalha, e que ampare quem não consegue trabalhar. Estamos sempre na construção de um mundo em que todos tenham o direito de viver livres, de ser feliz, de realizar seus sonhos, de ter uma vida digna.

O nosso compromisso

Quem mora em São Paulo precisa assumir um compromisso por uma cidade diferente para os próximos anos. A pandemia nos fez entender o quanto precisamos mudar. A Juliana Cardoso e o Partido dos Trabalhadores com seu pré-candidato à prefeitura Jilmar Tatto, querem muito fechar esse compromisso e reverter os retrocessos que retiraram tantos dos nossos direitos.

Será necessário implementar o Sistema Único de Assistência Social – SUAS para amparar a população mais vulnerável, fortalecer o Sistema Único de Saúde – SUS, defender a produção e comercialização de produtos agroecológicos, acabar com as privatizações, aprofundar transformações no sistema de transporte rumo à gratuidade e garantir a renda básica sem abrir mão do bolsa família. Nosso mandato é seu mandato, se você entende que vale a pena lutar por moradia digna, pelos direitos das crianças e dos adolescentespelo SUS e pelo direito de fazer arte e cultura com amor, esse aqui é seu lugar.

Toda vez que o povo de São Paulo precisou, o PT estava lá

Toda vez que São Paulo precisou de transformações profundas em benefício do povo, o PT foi chamado para realizá-las, deixando um legado de políticas públicas de muito sucesso, respeito e construídas com participação popular.

Mutirões da habitação, novos hospitais, corredores de ônibus, o Bilhete Único, os CEUS, merenda escolar de alta qualidade, internet WI-FI gratuita, ciclovias, a rede Hora Certa e muitas outras políticas que fizeram de São Paulo um lugar melhor para se morar foram implementadas em governos do PT com a atuação dos vereadores do PT.

Hoje, quando nossa cidade novamente precisa de transformações profundas, fazemos um chamado para você se juntar com a gente, se juntar a Juliana Cardoso, se juntar com o Partido dos Trabalhadores. Você, que não deixa de sonhar, que acredita que o papel de quem está na política é defender a vida e atuar por uma sociedade onde o bem estar das pessoas está acima dos lucros e interesses privados: vem com a gente, vem com a Ju!

Construir o futuro é agora

Juliana Cardoso e o nosso mandato representam todas e todos que acreditam em um futuro sem preconceito, sem violência policial; em um futuro em que uma mãe possa ter a garantia que seu filho poderá sair de casa para seguir seus sonhos e voltará em segurança.

Não existe saída política, democrática e popular para o que estamos passando que possa conviver com o discurso do ódio, da violência e da manutenção dos privilégios. Será necessária uma política que incentive nas pessoas o afeto e o respeito.

Venha conosco continuar essa jornada de luta e resistência em um projeto coletivoacalentadocompartilhado e apoiado por centenas de pessoas das lutas populares, sociais, por tolerância religiosa, pelo direito a migrar e recomeçar a vida, sindicais, feministas, ambientais, culturais, pessoas LGBTQIA+, pessoas que estão nas lutas pela vida digna em nossas periferias.

Nos ajude a construir uma cidade acolhedora e respeitosa nos direitos, uma cidade que busque na igualdade racial-étnica e de gênero a maneira de pensar as políticas públicas e a convivência entre as pessoas.

            Somos Juliana Cardoso, somos #FORABOLSONARO, somos Sonho, Resistência e Luta.

*Este documento busca debater a pré-candidtura da Juliana Cardoso no âmbito partidário*

QUERO ASSINAR EM APOIO!

VEJA QUEM APOIA A PRÉ CANDIDATURA DA JULIANA CARDOSO

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Clique aqui para ler a Política de Privacidade, ou no botão ao lado para continuar navegando.